Blog
VOLTAR

Hospital Dia Do Pulmão tem calendário de vacinação especial para Mulheres

O mês que celebra o Dia Internacional da Mulher e a importância da presença feminina de forma igualitária no mercado de trabalho e em diversos setores da vida é também o mês de alertar o público feminino sobre a importância da vacinação.

 

Existe um calendário de vacinação, especialmente para as mulheres, que propõe aplicações importantes para imunizações ao longo de toda vida. Confira:

•    HPV Bivalente ou HPV Quadrivalente

As vacinas disponíveis contra o papilomavírus humano, uma doença sexualmente transmissível, podem ser bivalentes, que protegem contra dois tipos de HPV (16 e 18), ou quadrivalentes, que protegem contra quatro tipos de vírus (6, 11, 16 e 18). A primeira protege contra os vírus responsáveis pela maioria dos casos de câncer, já a segunda, além de proteger contra o câncer, previne também o surgimento de verrugas e outras manifestações da doença.

A vacina bivalente está disponível para meninas e mulheres entre 10 e 25 anos, já a quadrivalente, para meninas e mulheres entre 9 e 45 anos.  Ambos os tipos requerem 3 doses intervaladas.

•    Tríplice Viral (Sarampo, Caxumba a Rubéola)

Essa vacina imuniza as crianças contra três doenças comuns da infância. A recomendação é que sejam tomadas duas doses intervaladas. A maioria das aplicações costuma ocorrer quando a criança tem entre um e dois anos de vida, mas, crianças mais velhas, adolescentes e adultas não vacinadas também devem tomar as doses.

•    Hepatites A, B ou A e B

As infecções no fígado, também conhecidas como hepatites, podem ser prevenidas por meio de vacinação. Crianças entre um de 16 anos, adultas e idosas devem tomar de duas a três doses, o número varia conforme o tipo de vacina.

•    Difteria, tétano e coqueluche

A vacina é indicada para a prevenção dessas três doenças em todas as faixas etárias, mas, em gestantes, ela é indispensável.
Na gravidez, ela deve ser tomada entre 27 e 36 semanas de gestação, mesmo que a mulher já tenha tomado esta vacina numa outra gravidez, ou outra dose anteriormente.

•    Varicela (Catapora)

Esta vacina é indicada a crianças a partir de um ano de idade e também adolescentes e adultas não vacinadas e que ainda não tiveram catapora. São recomendadas duas doses. O intervalo entra as doses varia de 1 a 3 meses. 

•    Influenza (Gripe)

A vacina contra a gripe é indicada a todas as mulheres em uma dose única e anual.

•    Febre Amarela

A vacinação contra a febre amarela é considera a forma mais eficaz de prevenir a doença. Mulheres adultas que nunca tomaram a vacina, após uma única dose não necessitam de reforço.

•    Meningocócica B

A vacina contra Meningite do tipo B pode ser aplicada em adolescentes, adultas e idosas não vacinadas. São recomendadas duas doses.

•    Meningocócica C Conjugada

O tipo C da Meningite é o que causa a doença na maioria das crianças até quatro anos. No primeiro ano de vida da criança são aplicadas três doses, e, no segundo ano, mais uma dose. A vacina pode ser indicada para adolescentes e mulheres.

•    Meningicócica ACWY

Esta vacina protege contra quatro tipos de meningite, A, C, W e Y. Crianças, adolescentes e adultas podem receber as doses. Para crianças, a vacinação deve começar aos três meses de idade com três doses no primeiro ano de vida e reforços aos 12 meses, 5 anos e 11 anos de idade. Para adolescentes que nunca receberam a vacina são recomendadas duas doses com intervalo de cinco anos. Para mulheres adultas a dose é única.

•    Haemophilus influenzae tipo b – Hib

A vacina é recomendada contra doenças invasivas causadas por Haemophilus influenzae tipo B (meningite, epiglotite, septicemia, celulite, artrite, pneumonia) e é usada em adultos somente em situações especiais.

•    Herpes-Zóster (a partir dos 50 anos)

Doença conhecida popularmente como "cobreiro”, tem sua causa no mesmo agente da varicela e atinge pessoas que já tiveram a catapora em algum momento da vida e ficaram com vírus adormecido no corpo. A vacina é recomendada a adultos a partir dos 50 anos de idade.

•    Prevenar 13

Também é conhecida como pneumocócica conjugada, esta vacina ajuda a proteger contra 13 tipos diferentes da bactéria Streptococcus pneumoniae, responsável por doenças como pneumonia, meningite ou otite média, por exemplo. Mulheres adultas recebem apenas uma dose da vacina quando indicada.

•    Pneumocócica 23

Esta vacina é utilizada para prevenir infecções causadas pela bactéria S. pneumoniae, responsável por doenças como pneumonia, meningite e bacteremia/septicemia (infecção generalizada no sangue). A aplicação deve ser iniciada a partir dos dois anos de idade da criança. A vacina pode ser indicada para adolescentes e mulheres.

“Nosso objetivo é oferecer melhora na qualidade de vida da sociedade, nesse caso, das mulheres, por meio da prevenção de doenças infectocontagiosas através da vacinação. A vacinação é a principal estratégia para a prevenção de diversas doenças” alerta Tatiana Lunelli, gerente de enfermagem do Hospital Dia do Pulmão.

O Hospital Dia do Pulmão possui consultora de vacinas que realiza avaliação de situação vacinal e orientações quanto as vacinas indicadas especialmente a cada mulher.

  • COMPARTILHE

Últimas notícias

VER TODAS

Dia da Imunização marca importância de manter vacinas em dia

Data celebrada em 9 de junho lembra das doenças que já foram erradicadas por conta da vacinação ...

LEIA MAIS

Asmaland - O aplicativo que ajuda no combate à asma

A Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (Asbai) estima que cerca de 10% a 15% das criança...

LEIA MAIS

Instagram

VER TODAS
Icone - Receba nossas novidades Receba nossas novidades
Fique tranquilo, não enviamos SPAM.
WhatsApp